VENTANA - catodo frio, neon, iluminação, light design, lighting design, design, lâmpadas, fabricante de lâmpadas, display, display luminoso, display luminosos, display com gravacao, banner luminoso, banners luminosos, luminoso, luminosos, back light, posto de venda back light, gravacoes display, luminosos, banner luminoso, banners luminosos, display luminoso, personalizacao de display, personalizacao de banners luminosos

De lâmpadas de catodo frio a peças luminosas para merchandising, a VENTANA dedica-se a transformar ideias em produtos e serviços que ajudam a satisfazer as necessidades dos clientes e da sociedade.

contato

  • ventana@ventanabr.com

  • 55 11 4596-1100

    55 11 4596-3377

  • Av. Bertioga, 1705 - Várzea Paulista

    São Paulo - Brasil

    A+ A A-

    Aras e Zema discutem acordo com a Vale sobre Brumadinho


    Expectativa é fechar um acordo na quinta-feira, quando haverá uma audiência de conciliação O procurador-geral da República, Augusto Aras, reúne-se com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, para discutir o acordo com a Vale sobre a indenização relacionada aos danos causados pelo rompimento da barr...

    Última atualização em Quarta, 20 Janeiro 2021 14:02

    Acessos: 0

    Leia mais:Aras e Zema discutem acordo com a Vale sobre Brumadinho

    Investidor estrangeiro ainda está muito ressabiado com Brasil, diz Giacomelli


    Para estrategista do Deutsche Bank, fluxo que se viu nos últimos meses ainda é “muito tático, sem convição” O estrategista-chefe para mercados emergentes do Deutsche Bank, Drausio Giacomelli, afirmou na Live do Valor desta quarta-feira que o investidor estrangeiro ainda está muito ressabiado com o Brasil e que o fluxo que se viu nos últimos mese...

    Última atualização em Quarta, 20 Janeiro 2021 14:01

    Acessos: 0

    Leia mais:Investidor estrangeiro ainda está muito ressabiado com Brasil, diz Giacomelli

    BC provavelmente cortou juros demais, mas há tempo de arrumar, diz Giacomelli


    Estrategista do Deutsche Bank destacou que fator preponderante para performance da economia brasileira é o fiscal, não a política monetária, que tem feito “até um bom trabalho” “Foi longe demais a queda dos juros? Provavelmente foi. O real está entre as piores moedas, mas tem o problema fiscal, então, é difícil dar nome aos bois. Tem muita coisa...

    Última atualização em Quarta, 20 Janeiro 2021 13:52

    Acessos: 0

    Leia mais:BC provavelmente cortou juros demais, mas há tempo de arrumar, diz Giacomelli

    Copyright 2013, VENTANA. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Baloodesign